Foto: Internet
mascara
Falta máscara no HGR, onde o Corona "baila com a morte"
CORONA FAZ FESTA

Falta máscara no HGR

Dena diz que já torrou R$ 2 bilhões com a Saúde, mas até máscara falta na “carniçaria” que virou o HGR
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O governador Antônio Denarium diz todo gabola que já gastou R$ 2 bilhões com a Saúde, mas a mãe de um paciente denunciou, hoje, dia 20, que não estão fornecendo máscara no HGR para internados e acompanhantes.

A coroa diz que seu filho está internado há 17 dias na unidade. Ele entrou para tratar uma bactéria no olho, mas pegou Covid-19 no próprio hospital. Tá lascado, coitado.

A Sesau, como sempre enrolando, se limitou a dizer que “não há paciente com Covid-19” no HGR. Eles estão sendo enxotados para o Hospital de Retaguarda. Mas no último boletim epidemiológico, divulgado pela própria Sesau, há 18 pacientes com coronavírus internados no HGR.

Ainda segundo a mãezinha, em uma ala para pacientes com a doença, falta máscara. Até a galera contaminada com o mortal vírus está sem proteção.

“Você vai pedir uma máscara lá e a enfermeira fala pra gente que o governo só manda para os pacientes já contaminados”, reclamou, e com toda razão.

 

Ataquezinho?

A dona, tiririca da vida, denunciou também que os pacientes com Covid não estão sendo medicados. Os médicos, segundo ela, justificam que não é necessário tratar a doença, pois afirmam que “só dá um ataquezinho na garganta”.

“O meu filho está aqui passando mal, se queimando de febre e eu vou ter que retirar do hospital, porque não estão fazendo nada. Isso é uma falta de respeito com o povo”, retrucou a mãe, com toda razão.

Veja também:

Publicidade