Foto: Divulgação
coroa
Velho ladrão meteu fita e levou uma taca da moçada
ACHO É POUCO!

Fizeram “guisado” do coroa

Fuleiro assalta dona, mas cai nas mãos de justiceiros; pense numa taca considerada
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Um ex-presidiário, de 63 anos, estava doido pra voltar à tranca, porque não conseguia se adaptar a essa tal liberdade, e por isso resolveu roubar um celular na ensolarada manhã de ontem, dia 4. O resultado foi que ele acabou sendo brutalmente espancado por aproximadamente 10 moradores sedentos de justiça na rua Campinas, bairro Nova Cidade, ZO da BV City, onde nem tem maluco.

A vítima dele foi uma atendente de farmácia, de 29 anos, que deu uma vacilada rápida e quando viu, o velho pilantra já estava com o celular dela. Ele chegou ao estabelecimento pedindo um copo de água, mas quando percebeu que ela estava sozinha, pegou o celular dela e quis fugir, mas a dona esperta deu uma porrada na mão dele e o celular caiu.

O velho ladrão trapalhão ainda tentou fugir, mas foi interceptado por uma moçada justiceira e sanguinária, que decidiu lhe ensinar o que a sua mãe não o ensinou sobre não mexer nas coisas dos outros.

Encurralado, o coroa vagabundo pensou que iria morrer, porque para cada lado que ele virava era porrada, mas para sua felicidade, os cops apareceram cedo demais e o livraram do iminente linchamento, frustrando os planos dos populares de exterminar o traste ali mesmo.

O ex-presidiário disse que estava precisando de um dinheirinho, mas que jamais se sujeitaria a trabalhar, porque é humilhante e degradante. Ele ainda quis tirar as broncas dizendo que só queria roubar o celular da dona e não tinha o objetivo de meter fita na farmácia. Mesmo comovidos, os cops o algemaram até a chegada do Samu.

Em consulta à Dicap, o nosso coroa já tem passagem na polícia por dois furtinhos, um roubinho e um caso de receptaçãozinha. Agora, o velho fuleiro já se encontra em seu habitat natural: enjaulado na selvagem PA do Monte Cristo, todo remendado, tadinho.

 

Veja também:

Publicidade