Foto: Ascom/PMBV
aves
Bichinhas tratadas no Bosque retornam à natureza
VOA, MANINHA, VOA!

“Vamos tirar a ‘pirikita’ da miséria”

Bichinhas retornam à natureza com a saúde 100%; aves foram tratadas no Bosque
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Sete bichinhas de pena, diferentes da Yonny, bem tratadas no Bosque dos Papagaios, na BV City, ganharam liberdade, ontem, dia 30, e retornaram à natureza. As bichinhas foram soltas na exuberante serra do Tepequém, em Amajari, distante 210 km da Capital.

Foram libertados dois tucanos, duas maritacas de cabeça azul, dois papagaios e um mutum. As aves foram resgatadas pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Ibama. Todas as aves estavam com a saúde 100% e prontas para voar.

“Voa, maninha, voa pra bem longe. Vamos atrás de uns urubus bem negões pra tirar a “pirikita” da miséria”, disse uma maritaca a outra.

“Ainda bem, maninha, que fomos bem tratadas pelo gato daquele prefeito, o Arthur. Agora umbora trepar por aí”, respondeu a papagaia, toda enxeridinha.

No Bosque dos Papagaios, servidores municipais recebem os animais e os reabilitam, acompanhando caso a caso, até que estejam prontos para viverem livres, sem ajuda dos humanos.

 

O Bosque

O Bosque dos Papagaios abriga diversas espécies de animais, principalmente aves, devido à extensão de floresta que o torna um “criadouro gigante”. Qualquer pessoa pode visitar o espaço sem agendar visita.

Além das aves, os visitantes podem ver mamíferos que também vivem nos criadouros, como: paca, capivara, além de jabutis e iguanas, que vivem soltos no Bosque.

Também há trilhas para explorar as belezas da natureza, onde animais vivem em harmonia. É o caso de uma capivara com uma arara, que se tornaram amigas inseparáveis.

“Maninha, aqui é top. Ainda bem que a Tequinha gosta da natureza. Tomara que ela ganhe para governo ano que vem. Assim, a gente vai poder continuar fofocando”, cochichou dona capivara à ararinha, sua colega.

O Bosque está aberto ao público de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h, e nos sábados e domingos, das 14h às 18h.

Veja também:

Publicidade